Santa Lúcia Drogarias

Unidade: Itapuã: Av Hugo Musso

Farmácia


Entrega Disponível:

Terça,


Data da Entrega: 06/12/2022

de 08:00h às 10:30h

Digestina 4mg Solução Oral - 20ml

R$20,19
R$18,17
10% off
Quantidade:

Ganhe 3 Cristais

Substância Ativa:

bromopridaDistúrbios digestivos psicossomáticos da senilidade e da estafa mental. Discinesias gastro-duodenais e biliares. Colopatias espasmódicas. Enxaquecas e mal-estar de origem celíaca. Náuseas. Vômitos. Anorexia. Exames radiológicos do tubo digestivo. Preparação de explorações endoscópicas. Vômitos anestésicos. Manifestações digestivas após a aplicação de radioterapia.

Detalhes:

Digestina 4mg Solução Oral - 20mlCódigo do Produto: 1029904Registro MS: 1.0497.0095
PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO?
DIGESTINA está indicada para:
- distúrbios da motilidade gastrintestinal (alteração na movimentação do estômago e intestino);
- refluxo gastroesofágico (presença de conteúdo ácido dentro do esôfago proveniente do estômago);
- náuseas e vômitos de origem central e periférica (cirurgias, metabólicas, infecciosas e problemas secundários ao uso de medicamentos).
DIGESTINA é utilizada também para facilitar os procedimentos radiológicos do trato gastrintestinal.

COMO ESTE MEDICAMENTO FUNCIONA?
DIGESTINA é um medicamento que estimula o movimento do tubo digestivo.
Tempo médio de início de ação: a ação de DIGESTINA se inicia 1 a 2 horas após administração por via oral.

QUANDO NÃO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?
DIGESTINA não deve ser utilizada nos seguintes casos:
- em pacientes com antecedentes de alergia aos componentes da fórmula;
- quando a estimulação da motilidade gastrintestinal for perigosa, como por exemplo, na presença de hemorragia, obstrução mecânica ou perfuração gastrintestinal;
- em pacientes epilépticos ou que estejam recebendo outras drogas que possam causar reações extrapiramidais (relacionadas à coordenação dos movimentos), uma vez que a frequência e intensidade destas reações podem ser aumentadas;
- em crianças menores de 1 ano de idade, devido ao risco aumentado da ocorrência de agitação, irritabilidade e
convulsões;
- em pacientes com feocromocitoma (tumor da medula da suprarrenal), pois pode desencadear crise hipertensiva (aumento da pressão arterial), devido à provável liberação de catecolaminas (hormônio produzido pela glândula suprarrenal) do tumor. Tal crise hipertensiva pode ser controlada com fentolamina.
Este medicamento é contraindicado para crianças menores de 1 ano.